Juara (MT), 19 de outubro de 2018 - 03:30

? ºC Juara - MT

Variedades

12/09/2018 04:50 Beleza

Maquiador dá 10 dicas de make para praticar já!

Acertar toda a maquiagem é um verdadeiro sonho para muitas mulheres! Para isso, mais do que saber a diferença entre os pós compacto, translúcido e mineral ou apostar nos pincéis corretos de make, algumas dicas básicas sobre preparar a pele e usar as cores a seu favor também contam! Para mostrar que não é tão difícil tornar esse sonho em realidade, pedimos 10 dicas fundamentais ao maquiador da Vult Cosmética Lucas Houf durante nossa passagem pela Beauty Fair, em São Paulo. Para um visual sem erros é preciso treinamento! “Um olho esfumado, um delineador certinho, é questão de treino e prática. Se você optar por uma coisa mais clean, mais natural, mais você, é uma coisa muito boa e não vai se frustrar por não conseguir fazer uma técnica mais difícil”, indica o profissional.

1 – Prepare a pele: ‘É essencial, sempre’

Antes de aplicar base ou corretivo, preparar a pele é essencial, sempre! Segundo o maquiador Lucas Houf, para este passo é importante usar sabonete, tônico, hidratante e protetor solar. “A pessoa tem que lavar o rosto com um bom sabonete, passar um tônico facial e, em seguida, um hidratante específico para o seu tipo de pele, independentemente se for oleosa ou seca. Em seguida, o protetor solar, se a maquiagem for para usar durante o dia”, detalha o profissional. E atenção às bases que já têm proteção solar! “Se a pessoa utilizar um protetor solar com cor e uma base com cor, o acabamento da maquiagem não será suave por conta das camadas que ficarão na pele. Caso a pessoa queira uma alta pigmentação, vale combinar os dois produtos. Mas vale ressaltar que a formulação do protetor é geralmente muito diferente da base, e pode haver uma reação como a base craquelar, oxidar mais, ou o protetor, em reação com algum componente da base pode deixar a pele mais oleosa. É sempre bom escolher ou o protetor solar ou a base com proteção”, aponta.

2 – Primer para preencher rugas

Um erro pra não cometer nunca é esquecer o primer, que deve ser aplicado antes da base para esconder as linhas de expressão que ficam aparentes mesmo depois da maquiagem pronta. “O novo primer fluido da Vult tem ácido hialurônico e ácido ferúlico, então são substâncias que ajudam no preenchimento das linhas finas e rugas. O ácido ferúlico faz a parte antioxidante e ajuda a combater radicais livres, poluição e o excesso de umidade”, garante.

3 – Aposte no pó translúcido: ‘Matiza sem pesar’

Um dos produtos que melhora o aspecto da maquiagem e, de quebra, segura a oleosidade do rosto, é o pó translúcido, que virou tendência na hora de fazer a maquiagem. “Ele vai matizar a pele sem pesar”, explica. Para quem tem medo de usar o pó, que costuma ser branco, e sair com o rosto estourado nas fotos, o maquiador alerta: “Isso costuma acontecer quando não se espalha direito. Se tiver acúmulo, provavelmente vai marcar demais quando bater a luz. Para espalhar direitinho é preciso depositar o produto na pele com batidinhas e, depois, fazer movimentos circulares do centro para fora, como se tivesse eliminando o excesso.”

4 – ‘Menos é mais’: aproveite a tendência da make natural

Para acertar na maquiagem, saiba que não é preciso fazer uma make megaelaborada. “Muitas pessoas costumam dizer que não sabem se maquiar, mas só de fazer uma maquiagem bem construída em relação à pele, aplicar direito um batom, uma boa máscara de cílios, isso já faz com que você já tenha uma boa maquiagem. Um olho esfumado, um delineador certinho, é questão de treino e prática. Se você optar por uma coisa mais clean, mais natural, mais você, não vai se frustrar por não conseguir fazer uma técnica mais difícil”, garante o expert.

5 – Escolha o produto ideal ao seu tipo de pele

Se a base que você comprou não ficou perfeita no rosto, ela pode não ter sido feita para o seu tipo de pele. “É sempre bom entender os produtos que a pessoa quer comprar. A Vult, por exemplo, tem uma gama muito grande de bases e a pessoa pode comprar uma que não serve para ela. Por exemplo, sou uma pessoa que tem a pele oleosa, extremamente oleosa. Não posso usar de forma alguma a base líquida da Vult. Ela é uma base específica para um público de pele seca e, por isso, tem Vitamina E na fórmula e isso vai fazer com que a minha pele produza mais oleosidade. Então, por mais que seja uma grande novidade, é preciso entender se vai servir para a sua pele”.

6 – Ouse nas cores: ‘Olho monocromático’

Criar uma make com um ponto de cor pode fazer a diferença, mas saiba que não é preciso investir em tons que não sejam a sua praia. “Um exemplo é o olho monocromático, que está em alta e é uma coisa simples. É uma única cor de sombra nos olhos e, hoje em dia, estamos brincando bastante e combinando a cor da sombra com o batom, o blush”, lembra o maquiador. Para as seguidoras de trends, vale apostar no amarelo, cor que tem dominado os olhos das fasionistas!

7 – Blush: ‘Também funcionam como sombra’

O blush é o item que vai garantir o ar de saúde em qualquer tom de pele! E ainda pode ser usado como sombra. “Os da Vult são extremamente pigmentados e têm cores diferenciadas, e valem muito a pena serem usados nos olhos. Eles funcionam muito bem como sombra por terem uma textura extrafina tanto para o olho de uma mulher madura quanto para o olho de uma debutante”.

8 – Pincel de base usado de ‘stand-by’

Para não manchar a maquiagem inteira com aquele borradinho de batom ou de lápis, a dica do maquiador é usar um pincel de base, chamado de duo-fibra, para consertar a make. “Deixe-o sempre ao seu lado para ajudar a corrigir algum probleminha que às vezes temos: um blush mal aplicado, um batom que borrou”, alerta o maquiador. E sabe quando você limpa, mas ainda fica um pouco de pigmento? “É só passar o pincel da base e geralmente ele vai ajudar a minimizar. Terminou de passar a base, não limpe o pincel, deixa ele de stand-by porque você pode precisar depois. Funciona muito”, ensina.

9 – Use o que gosta: ‘Importante se conhecer’

Independentemente de tendências, cores ou batom que nunca saem de moda, o maquiador ressalta que é preciso se conhecer! “É importante a mulher se conhecer, e digo tanto da personalidade quanto do formato de rosto. Aí, depois disso, começar a buscar coisas que lhe caem bem. Um batom vermelho pode não ficar bem em alguém, e tudo certo, porque o roxo pode ficar muito melhor, dependendo do tom de pele. É legal as pessoas se sentirem verdadeiramente bonitas, é uma forma muito boa de engajamento”.

10 – Treine: ‘Precisei repetir para aperfeiçoar técnica’

Lucas Houf finaliza destacando que é preciso praticar! “Não ter preguiça é a maior questão. Às vezes, as pessoas passam um delineador, erram, e não removem para passar uma segunda vez. Pode ser que a segunda tentativa fique excelente, ou não. Mas se a pessoa não continuar testando as maquiagens e se testando com os produtos para fazer melhor, não se chega em um resultado mais profissional”, diz, completando que ele mesmo precisou repetir para se aperfeiçoar. “A minha mão de maquiador, hoje, não é a mesma de antes. Precisei repetir várias vezes os processos para aperfeiçoar a minha técnica. Maquiagem é prática e hábito. Testando, você ganha agilidade e deixa tudo mais simples e mais gostoso”.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo