Juara (MT), 25 de junho de 2019 - 22:03

? ºC Juara - MT

Saúde

12/06/2019 05:30 R7

Consumir fibras na gestação diminui risco de doença celíaca no bebê

Um estudo realizado por pesquisadores noruegueses afirma que a alta ingestão de fibras durante a gravidez faz com que crianças tenham menor risco de desenvolver a doença celíaca.

A doença celíaca é uma doença autoimune que provoca intolerância ao glúten, proteína presente no trigo, cevada e centeio. Entre os sintomas estão diarreia e desconforto intestinal.

A pesquisa, apresentada na 52ª Reunião Anual da Sociedade Europeia de Gastroenterologia, Hepatologia e Nutrição Pediátrica (ESPGHAN), foi realizada com 88 mil crianças nascidas entre 1999 e 2009. Para isso, os pesquisadores avaliaram o consumo de fibras das mães durante a gestação e analisaram se as crianças receberam o diagnóstico da doença nos 11 anos seguintes. 

O estudo identificou que o risco da doença foi 8% menor entre grávidas a cada 10g de aumento de ingestão de fibras. O risco de desenvolvimento da doença celíaca foi 34% menor entre as grávidas que consumiam 45g ou mais de fibras diárias, quando comparadas àquelas mães que ingeriam até 19g diários.

A pesquisa mostrou, ainda, que o alto consumo de fibras provenientes de frutas e vegetais diminuía ainda mais o risco de desenvolvimento da doença celíaca quando comparado às fibras originárias de cereais.

Saiba mais: Como saber se estou com prisão de ventre? Divergências entre médicos e pacientes atrapalham diagnóstico

De acordo com afirmações de Ketil Størdal, principal autor do estudo, ao site científico Live Science, por este ser o primeiro estudo sobre a associação entre doença celíaca e o consumo de fibras durante a gravidez, os médicos ainda não poderiam fazer recomendações dietéticas para a gestação em relação a isso. Entretanto, Størdal afirma que a pesquisa não apoiaria a restrição de glúten entre mulheres grávidas.

O que causa a doença celíaca? A doença celíaca é uma doença autoimune, ou seja, ela é causada por anticorpos que o corpo produz e que acabam agindo contra ele mesmo. Ela é caracterizada por uma intolerância ao glúten, que está presente no trigo, na cevada e no centeio. Não existe relação da doença celíaca com o consumo de aveia. A doença celíaca tem característica genética, ou seja,a pessoa já nasce com essa propensão. Existe, em alguns casos, o fator hereditário. Cerca de 10% dos filhos de celíacos podem desenvolver a doença.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo