Servidores do DNIT-MT reivindicam aumento salarial e entram em greve

Publicado em 25/06/2013 às 09:07:24
Fonte: g1.globo.com/MT.


Os servidores do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Mato Grosso aderiram à greve nacional nesta terça-feira (25). Segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Federais (SINDSEP-MT), categoria pede aumento de salário, equiparação salarial e reestruturação na carreira.

Em Mato Grosso, 80 servidores devem paralisar as atividades no trabalho. Em Cuiabá, são 50 servidores que devem fazer uma concentração na sede do DNIT, na capital. O presidente do SINDSEP, Carlos Alberto de Almeida, disse que os servidores estão sem aumento salarial desde 2008. Atualmente o salário base é de R$2.400.

“Estamos há cinco anos sem aumento e o Governo nos ofereceu uma proposta de 15,8% em três anos no ano passado. Queremos reestruturação na carreira, recomposição em concurso público e a retomada nas negociações sobre o salário que foi cortado na última greve, em 2008”, disse ao G1 Almeida.

Ainda conforme o sindicato, a categoria cobra equiparação salarial igual a das agências reguladoras. De acordo com o presidente do SINDSEP, a adesão deve ser total, já que o órgão não é considerado serviço essencial.

No entanto, o superintendente do DNIT, Luiz Antônio Garcia, disse que espera que sejam mantidos 30% dos serviços considerados essenciais, como atendimento de infrações e acompanhamento das obras.

Quem leu esta matéria tambem se interessou por: