Preso "monstro" que matou e degolou uma mãe e duas filhas em Cuiabá

Publicado em 13/10/2012 às 08:08:20
Fonte: 24 horasnews.


Foi um crime brutal. As vítimas levaram mais de 10 facadas cada uma e ainda foram degoldas pelo assassino em fúria selvagem e monstruosa.

O “monstro” está preso. O réu-confesso Jorge Castro da Silva, de 40 anos, um assassino frio, foi preso pela Polícia Militar na tarde desta sexta-feira (12), Dia das Crianças. O homicida matou justamente duas crianças e a ex-mulher com golpes de facas. As três vítimas ainda foram degoladas.

O crime, um dos mais brutais dos últimos anos em Cuiabá, aconteceu dentro de uma casa localizada no bairro Nova Esperança-2, na região do Coxipó, na periferia da Capital.

Os corpos foram localizados no início da tarde desta sexta-feira por populares. Os três cadáveres foram liberados pelo delegado Antonio Sperandio, da equipe de investigações da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP).

Foram, assassinadas, segundo a Polícia Militar, Sandra Baguete Amorim, de 36 anos.e as filhas dela, Eliza Baguete, de 13 anos, e Karina Fernada Baguete, de 14 anos.

Sandra, segunda a Polícia, estava separada de Jorge, mas ele não aceitava. Nesta madrugada ele invadiu a casa e matou a mãe e as duas filhas e fugiu. Escondido no bairro Pedra 90,bairro ao lado do Nova Esperança, Jorge não resistiu a voz de prisão.

Jorge Castro foi transferido para a sede da DDPP e está sendo autuado em flagrante em crime de triplo homicídio por motivos torpes, fúteis e sem defesa das vítimas pelo delegado Antonoio Sperandio. O assassino segue ainda hoje para a Penitenciária Central do Estado (PCE).

Preso, ele confessou as três mortes. Caso seja condenado, o “monstro” como já está conhecido o assassino, pode pegar de 26 a 90 anos de prisão em regime fechado.

Quem leu esta matéria tambem se interessou por: