Assinado o contrato para a pavimentação de 90 km da MT-220 integrando Tabaporã a Sinop

Publicado em 04/11/2013 às 07:17
Fonte: Rádio Tucunaré.


Está assinado o contrato com as empresas que ganharam a licitação para pavimentar trechos da MT-220, que ligará Tabaporã a Sinop num total de 90 km de pavimentação asfáltica. Obras começam em breve.

A Rádio Tucunaré procurou o ex-prefeito de Tabaporã Rogerio Riva, que informou com exclusividade, que na manhã do dia 03, com a presença de prefeitos da região do Vale do Arinos, Secretario Cinézio Nunes de Oliveira dos Transportes e Pavimentação Urbana (SETPU), Dep. Riva (PSD), Dep Federal Roberto Doner (PSD) e empresários foi celebrado a assinatura dos contratos com as empresas JM Terraplenagem e Construções e Agrimat que vão pavimentar a MT-220 ate o entroncamento com MT-328.

O primeiro trecho começa na fazenda Cascata na MT-220 e termina no Rio dos Peixes e será executado pela empresa Agrimat. O segundo trecho começa no Rio dos Peixes e termina no entroncamento com a MT-328 e será executado pela empresa JM Terraplenagem e Construções.

Há possibilidade que dessa obra seja terminada no ano que vem, assim acredita o Secretario Cinézio.

Existe ainda a perspectiva da conclusão de outro trecho de 38 km, que liga Tabaporã pela MT-328 até o entroncamento com a MT-220. Nesse local existe um consórcio presidido pelo empresário Zeca Chiarello, proprietário da empresa Vale do Rio Verde que luta para que a porcentagem de 50% seja diminuída para 10% e nessa segunda dia 04, com a intermediação do Dep. Riva e Dep. Federal Roberto Donner essa negociação junto ao Governo deve acontecer.

O MT Integrado junto com o Governo do Estado, visa integrar os 142 municípios e essa obra, ele acredita que possa ser concluída logo, informou Rogerio Riva.

Com essas duas obras de pavimentação a viabilização econômica de toda região fica em evidencia, trazendo maior valorização imobiliária.

Outra informação é que no inicio da formação da Comissão do Consórcio da Estrada da Baiana, quando ainda prefeito, Rogério Riva idealizou a possiblidade de uma estrada de pouco mais de 30 km que sairia do trevo de Tabaporã até a MT-338 , mas através de uma PPP , ou seja,de uma reabertura de estrada numa parceria entre a Fazenda VMX com a Prefeitura de Porto dos Gaúchos, ligando a MT-220 a MT-338 que é a estrada Cambará, e por isso agora a Rodovia da Baiana está somente a 23km da MT-220, explicou Rogério.

Quanto à pavimentação asfáltica desse trecho, Rogério acredita que tenha poucas chances, devido a estrada não ser estadual e de acordo com as premissas do MT Integrado, o programa deverá contemplar somente os municípios que não estão interligados.

Existe um otimismo por parte de alguns, que acreditam ser possível que seja inaugurada essa obras que liga Tabaporã a Sinop até final e 2014, mas isso se não houver paralização das obras, frisou Rogério.

Tabaporã recebe, portanto, uma obra importante do ponto de vista econômico, visto que a estrada viabiliza a produção e a vinda de industrias no futuro, incluive favorecendo todo o Vale do Arinos alertou o ex-prefeito.

Na produção agrícola, a cidade tinha há 10 anos, 230 mil hectares plantados e com a Rodovia pavimentada Rogerio acredita que deverá passar dos 300 mil hectares.

Quem leu esta matéria tambem se interessou por: