Juara (MT), 17 de dezembro de 2018 - 02:34

? ºC Juara - MT

Estaduais

15/09/2018 05:10 A Gazeta

Comércio abrirá 6 mil empregos temporários em Mato Grosso

A pouco mais de 3 meses para o período de maior movimento do comércio varejista, o Natal, os lojistas já começam a se preparar para atender os consumidores e reforçam o quadro de funcionários. No país, a estimativa de algumas consultorias é que a oferta de vagas temporárias cresça 30% em relação a 2017. Em Mato Grosso, as lojas de vestuário e de acessórios vão contratar cerca de 6 mil pessoas, número estável em relação ao ano passado, de acordo com projeção do Sindicato do Comércio de Tecidos, Confecções e Armarinhos (Sincotec/MT). O potencial de contratação de temporários é ainda maior considerando a existência de cerca de 22 mil empresas do segmento no Estado, segundo dados do Empresômetro. No ano passado, este tipo de contratação cresceu cerca de 10%, segundo a Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem).

Reforçar o quadro de funcionários com a contratação de temporários é uma ação recorrente dos lojistas nesta época do ano. O período natalino é uma das principais portas de entrada para aqueles que estão à procura de emprego. E os processos seletivos já começaram, sendo este o momento ideal para entrega de currículos. “Estudos mostram que mais de 40% dos colaboradores que entram como temporários são efetivados pelas empresas, ou seja, é uma excelente porta de entrada”, ressalta Fernando Medina, diretor de operações da Luandre, empresa de consultoria de recrutamento e seleção.

O presidente do Sincotec/MT, Roberto Peron, destaca que a crise levou muitas empresas do comércio a enxugar o quadro de pessoal. Para dar conta do aumento na demanda no período natalino, elas precisarão reforçar as equipes. “Essa é a realidade do setor de comércio, principalmente, das pequenas e médias empresas”. Segundo ele, cerca de 80% das empresas contratam profissionais para o fim do ano. “Essa época é a oportunidade tanto do empregado, quanto do empregador de reforçar a equipe”.

A Big Lojas, loja de confecções, vai ampliar o quadro de funcionários em cerca de 30%, com a contratação de até 25 colaboradores neste fim de ano. A empresa tem 6 lojas, sendo 4 em Cuiabá e duas em Várzea Grande. “Os anos têm sido ruins, mas no fim de ano o consumidor sempre tem aquela vontade de comprar e temos que contratar para conseguir atender”, afirma o proprietário Emir Teló. As contratações serão feitas em outubro, mas o processo seletivo já começou, com recolhimento e análise de currículos. “Esses profissionais trabalham conosco cerca de 60 dias. Além do piso do salário comercial (R$ 1.020) os vendedores recebem comissão”.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo