Juara (MT), 19 de agosto de 2019 - 08:31

? ºC Juara - MT

Esporte

09/05/2019 07:06 Gazeta Esportiva

Scarpa marca e Palmeiras se garante como melhor time da Libertadores

O Palmeiras é o melhor time da Copa Libertadores da América. Nesta quarta-feira, o Verdão venceu o San Lorenzo por 1 a 0 no Allianz Parque e garantiu a melhor campanha geral da competição, conquistando assim a vantagem de decidir as fases seguintes de mata-mata em sua casa.

O gol palestrino foi marcado por Gustavo Scarpa, que entrou no segundo tempo e precisou de apenas sete minutos para dar à vitória ao Palestra. Pouco depois, o meia ainda foi substituído sentindo dores musculares, mas ele já havia colocado o Maior Campeão do Brasil como líder do Grupo F com 15 pontos após seis rodadas.

Apesar de alternar para uma linha de quatro defensores, o San Lorenzo entrou posicionado com cinco jogadores na zaga. Isso, somado aos dois atacantes argentinos deixava o meio-campo visitante com apenas três atletas na maior parte do tempo. Nada que o Palmeiras tenha conseguido aproveitar.

Sentindo muita falta de Bruno Henrique, a saída de bola palestrina foi muito prejudicada. Dudu, Veiga, Zé Rafael e Borja se perderam entre os muitos defensores argentinos, os laterais sofreram marcação individual, enquanto Moisés e Felipe Melo não deram conta de levar o time à frente.

A postura do San Lorenzo e falta de criatividade do Alviverde tornou o primeiro tempo chato e sem oportunidades claras de gol. A situação melhorou apenas na reta final dos primeiros 45 minutos, quando Felipão deslocou Dudu para o meio e Zé Rafael, o mais lúcido dos donos da casa, para a esquerda.

O posicionamento foi mantido para o segundo tempo, e o Verdão voltou do intervalo com mais presença de ataque. Assim, com apenas 15 minutos, o Alviverde criou duas oportunidades – mais do que em toda etapa inicial.

Aos 11, Zé Rafael avançou pela esquerda, driblou o marcador e cruzou rasteiro para a área. Raphael Veiga disputou com a zaga e a bola sobrou para Moisés, que chegou batendo, mas mandou em cima de Monetti. Pouco depois, Borja recebeu levantamento livre na área, mas cabeceou muito mal e para fora. Foi o último lance do colombiano.

Em um misto de vaias ao camisa 9 e celebração por sua saída, Arthur Cabral entrou no jogo. Em seguida, Gustavo Scarpa entrou na vaga de Raphael Veiga e, aí sim, o jogo mudou para o Maior Campeão do Brasil.

Foram necessários apenas seis minutos em capo para que Gustavo Scarpa abrisse o placar. Com 23 jogados, após Monetti salvar o San Lorenzo em cabeceio de Zé Rafael, o camisa 14 do Palestra dominou fora da área, trouxe para a canhota e bateu firme. A bola foi na direção do goleiro argentino, que falhou feio e deixou entrar.

Foi o único momento de felicidade do Palmeiras e de Scarpa no jogo. Sete minutos depois de abrir o placar, o meia caiu com dores no gramado e precisou de atendimento médico. Ele tentou continuar, mas acabou substituído por Lucas Lima, tendo seu nome gritado pela torcida.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo