Juara (MT), 18 de agosto de 2019 - 05:04

? ºC Juara - MT

Esporte

17/04/2019 07:12 R7

Corinthians tenta reencontrar gols e aposta em Boselli contra a Chape

Perder a Copa do Brasil teria mais repercussões negativas, em termos financeiros, para o Corinthians, do que uma derrota na final do Paulista diante do São Paulo. Mas, como final é final - e rival é rival - o Corinthians entrará com uma equipe alternativa nesta quarta-feira (17), às 21h30, contra a Chapecoense, pela quarta fase da Copa do Brasil.

Para este jogo de ida, o grupo viajou quase completo para Chapecó, onde, nesta terça-feira, treinou no CT da Chape. O jogo de volta será no próximo 1º de maio, na Arena Corinthians, às 16h.

Dos titulares, somente o goleiro Cássio, suspenso; o lateral-esquerdo Danilo Avelar, que faz tratamento no joelho esquerdo, e o volante Júnior Urso, em recuperação de dores na coxa direita, não viajaram. Além de Renê Júnior e Gabriel, que já estavam contundidos.

Mas o time entrará com uma base de jogadores considerados reservas. E, caso necessário, Carille recheará o time com titulares no decorrer do jogo.

O atacante argentino Mauro Boselli deverá começar o jogo e terá mais uma oportunidade de mostrar a sua importância.

No lugar de Gustagol, ele será o comandante de ataque da equipe, que não faz gols há três partidas.

Falta de ritmo

O meia Jádson, que não teve uma boa atuação contra o São Paulo, se encaixa nessa possibilidade, ainda mais porque ele ainda está sem o ritmo de jogo ideal.

Ele retornou no início de março, após cinco jogos afastados, mas não teve uma sequência desde então.

Jádson se baseia nas quartas de final de 2018, quando o Corinthians venceu os dois jogos contra a Chape por 1 a 0, e diz que um resultado positivo poderá novamente facilitar as coisas para o Corinthians.

- Sabemos da importância do jogo. Jogar em Chapecó não é fácil. A equipe deles é qualificada, que dá trabalho. Já tivemos experiências ano passado, passamos pela equipe deles. Tomara que nossa equipe entre melhor e consiga uma vitória para ter mais tranquilidade no segundo jogo.

Jádson deu a entender, no entanto, que a equipe está com suas atenções voltadas para a final contra o São Paulo, no próximo domingo (21), quando o Corinthians tem a chance de se consagrar tricampeão paulista.

Na Chapecoense, o técnico Ney Franco espera dificuldades. Ele ressaltou que, pelo elenco do Corinthians, não se pode considerar que Carille vai escalar um time misto.

Os atacantes Rildo, Thiago Santos e Victor Andrade, contundidos, deverão ficar de fora. E para anular as tentativas de Boselli no ataque, o time contará com o experiente zagueiro Gum.

Ficha técnica

CHAPECOENSE X CORINTHIANS

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: quarta-feira (17 de abril de 2019), às 21h30
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo
Assistentes: Luiz Claudio Regazone e Thiago Henrique Farinha

CHAPECOENSE: Tiepo; Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Elicarlos e Campanharo; Aylon, Régis e Everaldo. Técnico: Ney Franco.

CORINTHIANS: Wálter; Michel Macedo, Marllon, Pedro Henrique e Carlos Augusto; Richard, Ramiro e Sornoza; Pedrinho, Vagner Love e Boselli. Técnico: Fábio Carille.

Poucos corintianos apostariam que o destaque do time neste começo de temporada seria Gustagol. Aos 24 anos, o atacante surpreendeu a todos na sua volta ao Corinthians. Ele é responsável por sete dos dez gols que o Timão fez em 2019. Em campo, ele é rápido e bom no cabeceio. Fora dele, é um sonhador desde menino e apaixonado pelo filho Henrry e pela esposa Mayara.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo