Juara (MT), 10 de dezembro de 2019 - 13:15

? ºC Juara - MT

Economia

04/12/2019 07:20 R7

Dois terços dos brasileiros acima de 50 anos reclamam das finanças

Dois terços dos brasileiros com mais de 50 anos, ou 34 milhões de pessoas nessa faixa etária, estão insatisfeitos com sua vida financeira. Os dados fazem parte da pesquisa “Dossiê Longeratividade - O raio X dos brasileiros com mais de 50 anos”, realizada pelo Instituto Locomotiva e Bradesco Seguros, que ouviu mais de 2 mil pessoas em outubro deste ano. 

O estudo mostra que a poupança ou outros investimentos financeiros não estão entre os principais hábitos dessa população na preparação para o futuro. Em uma escala composta por 11 itens, os relacionamentos com familiares e amigos e os cuidados com a saúde ainda são o foco de homens e mulheres na construção de um futuro mais longevo e com mais qualidade de vida.

Da mesma forma, oito em cada dez (84%) dessas pessoas se dizem insatisfeitas com a formação escolar que possuem - o que significa que, apesar da idade, elas ainda querem estudar.

Outro dado revela uma mudança na visão dos brasileiros e brasileiras com mais de 50 anos sobre a aposentadoria. Para a maior parcela dessa população, aposentar não significa ficar em casa descansando. Os dados mostram que 67% concordam que as pessoas mais velhas devem ter ocupações que as façam se sentir úteis; enquanto 63% acreditam que pessoas ativas se sentem mais felizes.

“O desejo pela aposentadoria ativa é cada vez mais uma realidade e deve ser encarada como um desafio para o país, uma vez que hoje temos mais de um quarto da população, ou seja, cerca de 54 milhões de pessoas acima dos 50 anos”, afirma o presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles. “Os números não deixam dúvida de que os brasileiros maduros não pretendem parar depois de aposentados."

Segundo a pesquisa, 69% querem ter muitas atividades para fazer; 70% querem conviver com muitas pessoas e 72% pretendem sair muito de casa.

Mais do que ativos, os resultados da pesquisa mostram a disposição de praticamente 100% dessa população em continuar aprendendo coisas, sendo que mais da metade (67%) querem estudar depois de aposentados.

Envelhecimento

Segundo o IBGE, atualmente um quarto da população brasileira tem 50 anos ou mais, ou seja, 54 milhões de pessoas no Brasil, o equivalente à população inteira da Itália ou da África do Sul. Até 2050, 43% da população terá 50 anos ou mais - serão aproximadamente 98 milhões de pessoas com 50 anos ou mais em três décadas.


Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo