Juara (MT), 21 de agosto de 2019 - 23:27

? ºC Juara - MT

Economia

14/05/2019 11:34 Folha Max

Consumo de combustíveis em Mato Grosso sobe 2,8%

O consumo de combustíveis aumentou 2,8%, em Mato Grosso, nesse primeiro trimestre do ano quando comparado ao mesmo período do ano passado. Dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) mostram que entre janeiro e março de 2019 foram comercializados no Estado 1,17 bilhão de litros contra 1,14 bilhão contabilizados em igual período do ano passado. O etanol teve a maior expansão entre as principais matrizes – gasolina e óleo diesel – com ganho anual de 14,2% na preferência do consumidor. 

O volume comercializado no Estado superou a média apurada pela Agência no país de alta de 1,7%. As vendas passaram de 32,74 bilhões de litros para 33,29 bilhões de litros. 

 

Como explicam revendedores de Cuiabá, o preço do litro do combustível na bomba e a massificação da motorização ‘flex’ – que aceita tanto etanol quanto gasolina – impulsionam o consumo do biocombustível, matriz que há alguns anos vem liderando o consumo no Estado. “Quanto mais o consumidor opta pelo biocombustível, mais haverá queda sobre o consumo da gasolina. E os dados do setor mostram claramente esse comportamento de mercado”, disse o gerente de uma unidade da Amazônia Petróleo, em Cuiabá. 

O etanol somou vendas de 227,80 milhões de litros contra 199,51 milhões de litros comercializados nos três primeiros meses do ano passado, apresentando alta de 14,2%. Além de saldo recorde de volume dentro da série histórica local, os meses de janeiro, fevereiro e março, tiveram médias históricas ao registrarem mais de 73 milhões de litros vendidos em cada um desses meses. 

A avaliação do gerente se confirma. A gasolina tipo ‘C’ é o único combustível, entre os mais demandados no Estado a fechar o primeiro trimestre, com queda, de 10,4% em relação ao mesmo acumulado de 2018. Dos mais de 131,14 milhões de litros consumidos de janeiro a março do ano passado, nesse ano o volume vendido passou para 118,14 milhões de litros. Março, com comercialização de pouco mais de 40 milhões de litros, registrou o menor valor da série histórica para o mês, no Estado. 

O óleo diesel – que tem 70% de seu consumo demandado pela agricultura – registrou incremento em vendas de 2% sobre o mesmo período do ano passado, passando de 741,30 milhões de litros para atuais 755,93 milhões. O volume vendido em março, 252,45 milhões de litros, é o terceiro maior da série histórica mato-grossense para o mês de março, conforme a ANP, atrás apenas do comercializado em março de 2015 com 258,57 milhões de litros e de 2016 com 246,66 milhões de litros.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo