Juara (MT), 25 de agosto de 2019 - 16:06

? ºC Juara - MT

Estaduais

20/12/2018 11:41 Agência de Notícias da AMM

AMM orienta municípios a reduzir conta de energia elétrica e Juara está entre as dez cidades pesquisada

Municípios poderão reduzir a conta de energia elétrica de forma significativa caso façam a verificação das unidades consumidoras do poder público municipal que estão em funcionamento. A constatação foi feita a partir de um levantamento realizado pela Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM em parceria com a Associação dos Municípios do Araguaia – AMA em 10 cidades que apontou que as prefeituras, juntas, podem economizar até R$ 158 mil por ano com as faturas de energia. Projeção realizada pelas instituições indica que a economia nos quatro anos de gestão nesses 10 municípios pode chegar a R$ 635 mil.

Os dados foram levantados a partir de uma pesquisa detalhada realizada pela equipe técnica das entidades que fez um trabalho in loco nas 10 cidades para fazer a conferência das unidades consumidoras das prefeituras. Esse trabalho apontou que muitos prédios públicos, como escolas e postos de saúde, estavam desativados, porém continuavam pagando à concessionária de energia a tarifa mínima que varia de R$35 a R$ 90.

A partir do levantamento a AMM já solicitou à Energisa, com a anuência dos prefeitos, o desligamento das unidades consumidoras que estão desativadas ou a alteração no valor do kWh, que é  a medida da energia elétrica consumida.

O presidente da AMM, Neurilan Fraga, disse que é importante que os prefeitos fiquem atentos, pois podem estar pagando tarifas incompatíveis com o consumo. “Vamos ampliar a discussão desse assunto com os gestores, pois há municípios que possuem até 200 unidades consumidoras. Em 2019 pretendemos ampliar o levantamento e auxiliar mais municípios a fazer a conferência do consumo real”, assinalou. Fraga lembra que a unidade consumidora tem a responsabilidade de informar a concessionária sobre qualquer alteração  referente ao seu funcionamento.

Os 10 municípios que fizeram parte do levantamento, concluído este ano, foram os seguintes: Água Boa, Apiacás, Campinápolis, Canabrava do Norte, Canarana, Confresa, Juara, Novo São Joaquim, Porto Alegre do Norte e Vila Rica.

Durante este ano a AMM também trabalhou em parceria com a AMA para orientar gestores municipais, vereadores e produtores rurais de diversas regiões do estado sobre os procedimentos necessários para acesso ao programa Luz para Todos. Nos anos de 2017 e 2018, o comitê gestor do Programa aprovou mais de dez mil ligações que estão sendo realizadas em três etapas e resultarão em um investimento de cerca de R$ 260 milhões. Mais de quatro mil obras já foram executadas, beneficiando 66 municípios mato-grossenses. De acordo com o cronograma do termo de compromisso assinado entre a concessionária Energisa e a Eletrobrás, até o final de 2019 devem ser realizadas 17.794 ligações.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo