Juara (MT), 09 de dezembro de 2018 - 16:29

? ºC Juara - MT

Juara

20/08/2018 09:02 Acesse Noticias

Justiça aceita denúncia contra vulgo “Risadinha”, acusado de matar Paulo Henrique há um ano em Juara

Paulo Cezar Oliveira da Costa vulgo “Risadinha”, foi indiciado por homicídio por ter matado Paulo Henrique Augusto Viana vulgo “Peito de Pomba” na manhã de um sábado no dia 19 de agosto do no ano passado.

Na época dos fatos “Risadinha” saiu do flagrante e se apresentou depois do ocorrido acompanhado de um advogado e alegou legitima defesa e desde então responde o processo em liberdade.

O inquérito foi encaminhado para o ministério publico e a promotora Dra. Roberta Cheregati Sanches denunciou o caso à justiça, que foi aceita pelo juiz da vara criminal Dr. Pedro Flory Diniz Nogueira.

Completou um ano do fato, agora o denunciado passa a ser réu e as audiências de instrução processual estão sendo marcadas, várias testemunhas estão sendo arroladas e o caso vai a júri popular por ser um crime contra a vida.

A audiência foi designada para o dia 13 de dezembro de 2018, às 14h30min no átrio do fórum da comarca de Juara.

Relembre o caso:

O “Vulgo Risadinha” principal suspeito de assassinar Paulo Henrique Augusto Viana, 26 anos conhecido pela alcunha de “Paulinho Peito de Pomba” morto com dois disparos de arma de fogo na manhã de sábado dia 19, compareceu na delegacia de polícia judiciária civil de Juara acompanhado de seu advogado e foi interrogado pelo delegado Carlos Henrique Engelmann, o suspeito confessou ser o autor dos disparos que ceifou a vida de Paulinho.

O suspeito se apresentou na tarde de segunda-feira dia 21, por volta das 16 horas ele foi ouvido e liberado porque estava fora do flagrante delito e não pesava contra ele nenhum mandado de prisão em aberto.

Em sua versão vulgo “Risadinha” disse ao delegado que se apossou da arma de fogo com intuito de cessar a briga e que havia disparado para o alto, mas que a visão estava obstruída por um portão que estava entre aberto da residência e sem querer atingiu a vítima por duas vezes ceifando a vida da vítima.

A arma utilizado no crime era de Luis Claudio Paloco, morador da residencia onde aconteceu o fato, segundo o que consta nos autos, Luis, ao perceber que algumas pessoas estavam em frente ao seu estabelecimento tentando adentrar ao imóvel, ele saiu com a arma em punho, momento em que o acusado se apossou de sua arma e efetuou os disparos.

As informações prestadas pelas testemunhas e pessoas envolvidas na dinâmica dos fatos serão confrontadas pela versão dada pelo suspeito, o delegado Carlos Henrique considerou que o fato foi gravíssimo e estará indiciando os acusados, ele tem 30 dias para a conclusão do inquérito policial.

Com relação ao proprietário da arma também poderá ser processado, embora a arma esteja regular, mas sua conduta será analisada se ele colaborou para que houvesse este triste desfecho a morte da vítima, bem como o envolvimento de outras pessoas no fato.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo