Juara (MT), 23 de outubro de 2019 - 04:35

? ºC Juara - MT

Café com o produtor

14/04/2014 00:00

Construção de armazém em Juara reduzirá preços em 30% no frete da saca de grãos.

O programa ?Café com o Produtor? da Rádio Tucunaré na manhã do dia 14 contou com a presença do empresário Tião Piovesan, que revelou as expectativas animadoras para o setor agrícola de Juara e região.

O empresário informou, que a agricultura não é mais um sonho e sim uma realidade e que os produtores enfrentam algumas dificuldades, como a infraestrutura do município e de armazenagem dos graõs.

Tião acredita que algumas dessas dificuldades estejam sendo resolvidas e que na safra de 2014 haja um crescimento significativo.

A família Piovesan investe na produção pecuária e mais recentemente adentraram no ramo da soja e arroz.

No tocante a financiamentos junto ao Bando do Brasil, Tião explicou que os pedidos de financiamento são difíceis de conseguir captação, mas nesse último ano foi mais facilitada à documentação exigida e ele está acreditando que deva ser liberado com prazo de 15 anos para pagamento.

A intenção é construir secagem e armazenagem e depois confinamento e uma fabricam de ração.

O produtor ressalta que mais que um negócio de família ou um negocio lucrativo, a intenção é visionar o desenvolvimento da região e, portanto, depois da implantação da um armazém, a família querem plantar mais soja, que devera ser seguido por novos produtores e assim, deverá dobrar a produção de um ano para o outro , ou seja de 25 mil hectares eles querem dobrar esse numero através de novos investimentos.

Hoje em média custa R$ 4,00 por saca de soja, o que significa dizer que são 10% a mais só de frete, explicou Tião. Sem o armazém são necessários muitos caminhões para o transporte para levar o produto de Juara a Sinop, Tangara da serra e cidades que possuem armazém.

Com ao armazém construído na região, esse cálculo mudaria os valores de custo, onde o cálculo de armazenagem num raio de 70 km daria o custo de R$ 1,20 por saco de soja, informou.

Quanto a produção de arroz, Tião acredita que é só plantar por que Juara possui muita água e estão satisfeitos com a produção de 1º e 2º ano e área de soja de 3º e 4º anos não deixando nada a desejar em relação a outros municípios.

Esses números têm atraído novos investidores para o município em busca de arrendamentos, compra de novas propriedades.

O empresário agradece essa possibilidade econômica atribuindo ao solo e estrutura hidrográfica de Juara.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo