Juara (MT), 23 de outubro de 2019 - 03:39

? ºC Juara - MT

Café com o produtor

02/06/2014 00:00

Produção leiteira de Juara tem potencial para crescer muito mais, declara técnico.

No programa Café com o Produtor da Rádio Tucunaré, nesse domingo (01), a produção de leite foi um dos temas abordados por quem compra a produção. Juara vem aumentando dia a dia sua bacia leiteira.

Antônio Carlos da Silva trabalha no laticínio Multibom no setor de compras. Ele disse que um bom trabalho foi feitos com o produtor no campo desde 2001 quando iniciaram as atividades em Juara e que eram produzidos cerca de apenas 3 mil litros de leite ao dia.

Após a conscientização e orientação levada ao homem do campo essa produção vem aumentando. Hoje a produção produz a media de 15 mil de leite ao dia e com condições de aumentar muito mais.

As regiões mais distantes da zona urbana de Juara, como os assentamentos encontram grande dificuldade devido à falta de energia e usam motores geradores, o que aumenta os custos para o produtor manter o leite a 4ºC.

Antônio acredita que Juara pode produzir de 30 a 40 mil litros de leite ao dia e a região é propícia para isso.

Segundo o técnico, muitos iniciaram no ramo e citou o produtor Silvio Trombone, que está na atividade com capacidade de produção de 500 litros de leite e assim, outros proprietários também estão investindo.

Para melhorar a produção leiteira, o conhecimento técnico e os cursos do SENAR ajudam muito a obter melhores resultados, disse.

“A atividade é rentável”, disse. Desde que o laticínio Multibom está operando em Juara, há 11 anos, sendo que no início havia dificuldade para escoar a produção. Hoje com as mudanças em leis ambientais e novas estradas, quem tem de 20 a 30 alqueires pode obter boa renda com produção de leite, explicou.

Um problema a que está sendo superado é quanto a ordenha do leite. As ordenhadeiras mecânicas estão sendo mais usadas, porque o produtor está com dificuldade de encontrar mão de obra, pois que está muito caro, explicou.

Os leite tirado por ordenhadeira são pagos pelo laticínio, 2 centavos a mais para o produtor.

O preço está em tono de 80 centavos o litro no perídio das águas e o preço e deve aumentar, informou Antônio.

Os preços dependem da distancia do produto, mas o frete influencia e o valor das terras, portanto o laticínio considera os custos do produtor para pagar o leite.

Para quem pretende entrar nessa atividade deve antes buscam orientações sobre pastagens, alimentação do gado, obter bons animais, enfim, se informar sobre manejo e todos os aspectos necessários para uma boa produção.


Banner hospital quadrado

Acesse Notícias

Em tempo record o site mais visitado do Vale do Arinos

Copyright 2016 - Todos os direitos reservados.

Redes Sociais

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo